fofoca

a sabedoria popular (coalhada de sexismo) chama a conversa entre mulheres, o falar das mulheres de  ‘fofoca’. esse tem sido um nome para desqualificar o que falamos entre nós, outras. mesmo porque a sujeita da fofoca é quase sempre uma mulher. fofoca é coisa de mulherzinha.

ficar de fofoquinha é estabelecer uma conversa sobre assuntos menores. mas o que são de fato esses assuntos menores? menores que o que? estaria essa hierarquia de assuntos ligada de alguma forma às distinções entre privado e público, pessoal e político?

também chamada de ‘conversa fiada’ – se bem que muitas vezes seria melhor falar de conversa afiada hahahaha. falando sério, conversa fiada é uma expressão tão massa porque significa que é uma conversa confiada. pode ter a ver com aquela coisa de ‘vou te contar isso mas você não conta pra ninguém, tá?’ – ou seja, uma conversa que você confia que não vai sair dali. mas o massa da conversa fiada é que se gira em torno da confiança de fato gira em torno das ligações de cuidado, afeto e troca entre mulheres.

tem muita mulherada bonita querendo resignificar o termo ‘fofoca’ – a fofoca é aquilo que a gente faz quando fala da gente outra, quando se conecta com a amiga, quando a gente avalia nossas relações interpessoais. a fofoca é estar atenta para a dinâmica de conexões em nossas redes de amizades. é quando a gente entende que o pessoal é íntimo, privado mas é político também. é quando a gente pode e quer se botar pra jogo.

por isso  esse blog, que tem o nome francês chique de morrer e tomado de empréstimo da luce irigaray ‘parler femme’ (que pra mim pode ser tanta coisa: falar ‘mulher’, falar como mulher, falar sobre mulher, construir a mulheridade falando) traz o subtítulo de ‘fofoca é coisa de mulherzinha’. porque pra mim essas coisas estão juntas. a explicação que mais gosto do parler femme é essa da construção da mulheridade (que não, gatas, não é uma essência no sentido de ser algo completamente dado e estático) através da fala e, principalmente, da fala partilhada, da fala como conexão entre mulheres. portanto ‘parler femme’ poderia ser de um jeito bem bonito entendido como essa fofoquinha (ou babaleia?) revisitada.

tudo isso pra começar esse blog muitchoslocos que (espero eu) fique recheado de textos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: